Página HCI
O HCI
Corpo Clínico
Serviços
Convênios
Contato
Localização
Portais
Serviços
CACON - Centro de Alta Complexidade em Oncologia:
  • CACON
  • Quimioterapia
  • Radioterapia
  • Braquiterapia
  • Pesquisa Clínica
  • Equipe Multidisciplinar
  • Ambulatório
  • Farmácia

 

CACON

 

Uma Vitória da Esperança e da Saúde!

 

 Referenciado pelo INCA – Instituto Nacional do Câncer, o CACON projeta o HCI no cenário nacional e internacional como um dos melhores centro de tratamento de câncer do Brasil.

 

Abrange uma população de mais de 1,5 milhões de habitantes em 120 municípios da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul, referenciados pela 17ª Coord. de Saúde de Ijuí.

 

O Serviço

Data de implantação do serviço em 10 de dezembro de 2002. Quimioterapia é Serviço de Quimioterapiao tratamentorealizado com a utilização de medicamentos cuja função é atuar nas células dos tumores, destruindo-as e impedindo o seu crescimento e multiplicação. Os medicamentos, em sua maioria, são aplicados via endovenosa, podendo também ser administrado por via subcutânea, intramuscular, intravesical (dentro da bexiga), intratecal, intracavitária (intrapleural e intraperitonial), via oral (comprimidos). A indicação do tratamento vai depender do tipo de tumor, localização e estágio da doença. Para cada tipo de tumor são usados protocolos ou combinações de drogas que podem ser aplicadas semanal, quinzenal, mensal, por um período de tempo. Esta freqüência e tempo de tratamento irão depender do tipo de câncer, dos objetivos do tratamento, das drogas a serem usadas e como o organismo do paciente responde a elas.

 

A estrutura física

O Ambulatório de quimioterapia possui 3 salas de aplicação, perfazendo um total de 25 poltronas confortáveis e reclináveis. Quarto com dois leitos e uma maca para realização de procedimentos e quimioterapia quando o paciente necessita ficar deitado. Quarto com 2 leitos para pacientes em cuidados paliativos e/ou que aguardam consulta médica. 1 Quarto particular com um leito. 1 Sala de curativos. 1 Consultório de enfermagem para ambulatório de consultas (pacientes novos que ingressam em quimioterapia e pré-cirúrgicos Oncológicos) e ostomizados (Ostomia é a abertura de um órgão por meio de ato cirúrgico, formando uma boca que passa a ter contato com o meio externo para eliminações de dejetos, secreções, fezes e / ou urina. Pacientes portadores de traqueostomia e os que usam catéters ou sondas, também são considerados ostomizados) . 1 Consultório de enfermagem com aparelho de eletrocardiograma para registro e atendimento de enfermagem aos pacientes de pesquisa clínica. Área restrita para acesso interno, ou seja, somente médicos, colaboradores do setor e os pacientes que serão tratados. Caso algum paciente necessitar de acompanhante nas salas de aplicação, a enfermagem solicita na recepção do CACON e este é encaminhado para a sala de quimioterapia.

 

 

 

A equipe de Quimioterapia é composta por 4 Médicos Oncologistas Clínicos, 2 Hematologistas, 1 Enfermeira especialista em enfermagem Cardiologia e Oncologia, 1 Enfermeira especialista em urgência e emergência, 1 Enfermeira especialista em terapia intensiva e Oncologia, 1 Enfermeira especialista em docência para Técnicos e Tecnólogo, 1 Enfermeira responsável pelo ambulatório consultas pré-operatório, curativos pós-cirúrgicos, orientação do tratamento de quimioterapia e ambulatório de ostomizados e 9 Técnicos de Enfermagem, 3 higienizadoras.

 

 

 

Sistema Único de Saúde

O paciente consulta na unidade de atenção básica, havendo a necessidade de investigação diagnóstica por forte suspeita de neoplasia , ou já com o diagnóstico definitivo, este paciente é referenciado ao Serviço de Oncologia através do encaminhamento denominado laudo de referência e contra - referência (formulário de encaminhamento que indica necessidade de encaminhamento para consulta especializada), preenchido pelo médico assistente do paciente em seu Município de origem. Também existe a forma de encaminhamento interno, ou seja, com indicação de outro profissional médico do CACON solicitando tratamento Quimioterápico de Quimioterapia. Para paciente do SUS, o CACON é referência em tratamento Oncológico de Quimioterapia para 120 Municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul, pertencentes a 4ª,12ª, 15ª, 17ª e 19ª Coordenadorias Regionais de Saúde

Particular e Convênios

O paciente agenda consulta no consultório do médico na modalidade particular ou conveniado, após realizada a consulta e havendo a indicação de tratamento o médico solicita a Quimioterapia em prescrição médica, ou em formulário específico do convênio do paciente. O paciente é encaminhado do consultório médico para o setor de Quimioterapia que efetua a autorização do procedimento conforme critérios de autorização de cada convênio.Solicite o pagamento pelos cartões

As formas de atendimento são nas modalidades PARTICULAR, IPERGS, BRADESCO SAÚDE, CABERGS SAÚDE, CASSI,ECT-CORREIOS, FUSEX , GEAP, HCI SAÚDE, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E SUL AMÉRICA SEGUROS.

Confira com seu convênio de saúde se o seu plano cobre este serviço.

Os telefones para contato externo (55)3331-9300 ramal interno 9409 da quimioterapia e 9562 do ambulatório de ostomia ou na recepção do CACON (55) 3331-9328, (55)3331-9320,(55)3331-9329.

Horários de atendimento de segunda à quinta-feira das 07:00h ás 18:00h e na sexta com encerramento das atividades ás 17:00h 

 

 

O Serviço

Data de implantação do serviço em 10 de dezembro de 2002. A Radioterapia é um Serviço de Radioterapiatratamento no qual se utilizam aplicações de radiações ionizantes para destruir ou impedir que as células do tumor aumentem. Neste tratamento é utilizado o Acelerador Linear de Elétrons (pele) e Fótons (interno) de 6MV. O Tratamento é realizado de forma ambulatorial e a dose total programada para cada patologia é fracionada em aplicações diárias.

 

A estrutura física

A estrutura física está composta por uma sala onde está instalado o Acelerador Linear, uma sala para o comando do Acelerador Linear, de onde os técnicos de radioterapia comandam o aparelho na aplicação de radiação nos pacientes; uma sala do físico-médico e dosimetria, uma sala de procedimentos de enfermagem, um consultório médico, um consultório de enfermagem, uma sala com a oficina para confecção de acessórios de chumbo.

Àrea restrita para acesso interno, ou seja, somente médicos, colaboradores com dosímetro e o paciente que será tratado poderão circular.

 

 

 

A equipe de Radioterapia é composta por 2 Médico Radioterapêuta, 1 físico-Médico, 1 Enfermeira Especialista em Oncologia, 2 Técnicos de Enfermagem, 1 Auxiliar de Enfermagem, 2 Recepcionistas, 8 Técnicos de Radioterapia, 1 Higienizadora.

 

 

 

Sistema Único de Saúde

O paciente consulta na unidade de atenção básica e tendo diagnóstico definitivo indicando a necessidade de tratamento de Radioterapia, este paciente é referenciado (a) ao Serviço de Oncologia através do encaminhamento denominado laudo de referência e contra - referência (formulário de encaminhamento que indica necessidade de consulta especializada ou tratamento Oncológico), preenchido pelo médico assistente do paciente em seu Município de origem. Também existe a forma de encaminhamento interno, ou seja, com indicação de outro profissional médico do CACON solicitando tratamento Radioterápico. Para paciente do SUS, o CACON é referência em tratamento Oncológico de Radioterapia para 120 Municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul, pertencentes a 9ª,12ª, 15ª, 17ª e 19ª Coordenadorias Regionais de Saúde.

Particular e Convênios

O paciente agenda consulta no consultório do médico na modalidade particular ou conveniado, após realizada a consulta e havendo a indicação de tratamento o médico solicita a Radioterapia em prescrição médica, ou em formulário específico do convênio do paciente. O paciente é encaminhado do consultório médico para o setor de Radioterapia do HCI que efetua a autorização do procedimento Radioterápico conformSolicite pagamento pelo cartãoe critérios de cada convênio.

As formas de atendimento são nas modalidades PARTICULAR, IPERGS, BRADESCO SAÚDE, CABERGS SAÚDE,CASSI,ECT-CORREIOS, FUSEX, GEAP, HCI SAÚDE, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E SUL AMÉRICA SEGUROS.

Confira com seu convênio de saúde se o seu plano cobre este serviço.

O horário de atendimento, é de segunda à sexta-feira a partir das 07:00h até a totalidade dos pacientes pois em média são tratados 100 pacientes por dia.

O telefone para contato é (55)3331-9408, e/ou (55) 3331-9300 através dos ramis internos 9410 e 9536 da recepção da Radioterapia. 

 

O Serviço

 

Data de implantação do serviço em 10 de dezembro de 2002. A palavra braquiterapia tem origem gregaServiço de Braquiterapia (braquios=próximo; terapia=tratamento) (Izael, 2006); É uma forma de tratamento desenvolvida pela colocação de aplicadores com uma fonte radioativa próxima ou junto ao tumor (uterino). É a única fonte com alta taxa de dose do Interior do Estado para tratamento ginecológico. A braquiterapia pode ser utilizada isoladamente ou associada a radioterapia externa, além disso, pode fazer parte de terapias combinadas, associando-se á cirurgia, quimioterapia ou hormonioterapia.  

         

A estrutura física

 

A estrutura física conta com uma sala do Físico-Médico e dosimetria; uma sala com o equipamento de Braquiterapia para aplicação de Braquiterapia Ginecológica; uma sala de planejamento da Braquiterapia. É um tratamento ambulatorial, fracionado em quatro sessões com agendamento prévio de uma a duas sessões por semana. Àrea restrita para acesso interno, ou seja, somente médicos, colaboradores com dosímetro e o paciente que será tratado poderão circular.

 

 

A equipe da Braquiterapia é composta por 1 Médico Radioterapêuta, 1 físico-Médico, 1 enfermeira especialista em Oncologia, 2 técnicos de enfermagem, 1 auxiliar de enfermagem, 2 recepcionistas, 8 técnicos de radioterapia, 1 higienizadora.

 

   

 

 Sistema Único de Saúde

  

O paciente consulta na unidade de atenção básica e tendo diagnóstico definitivo indicando a necessidade de  tratamento de braquiterapia, esta paciente é referenciada ao Serviço de Oncologia através do encaminhamento denominado laudo de referência e contra - referência (formulário de encaminhamento que indica necessidade de encaminhamento para consulta especializada), preenchido pelo médico assistente do paciente em seu Município de origem. Também existe a forma de encaminhamento interno, ou seja, com  indicação de outro profissional médico do CACON solicitando tratamento de Braquiterapia. Para paciente do SUS, o CACON é referência em tratamento Oncológico de Braquiterapia para 146 Municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul, pertencentes a 4ª,6ª,9ª,10ª,11ª,12ª, 14ª,15ª, 17ª e 19ª Coordenadorias Regionais de Saúde.

 

Particular e Convênios

O paciente agenda consulta no consultório do médico na modalidade particular ou conveniado, após realizada a consulta e havendo a indicação de tratamento o médico solicita a Braquiterapia em prescrição médica, ou em formulário específico do convênio do paciente. O paciente é encaminhado

do consultório médico para o setor de Radioterapia que efetua a autorização do procedimento de Braquiterapia conforme critérios de autorização de cada convênio.Solicite pagamento pelo cartão

 

As formas de atendimento são nas modalidades PARTICULAR, IPERGS, BRADESCO SAÚDE, CABERGS SAÚDE,CASSI,ECT-CORREIOS, FUSEX , GEAP, HCI SAÚDE,CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E SUL AMÉRICA SEGUROS.

 

Confira com seu convênio de saúde se o seu plano cobre este serviço.

 

O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira das 07:00h às 18:00h.

O telefone para contato é (55)3331-9408 e/ou (55) 3331-9300 através dos ramais Internos 9410 e 9536.

   

O Serviço

 

A pesquisa Clínica foi implantada no CACON do Hospital de Caridade de Ijuí em novembro de 2004. O principal objetivo da Pesquisa Clínica em Oncologia é avaliar a segurança e a eficácia das novas medicações que estão sendo estudadas para o tratamento do câncer. Ou seja, busca encontrar o melhor caminho de tratar o câncer e, consequentemente, ajudar as pessoas doentes. O grande diferencial para o paciente é poder utilizar uma medicação "de ponta", de qualidade e que está amplamente monitorada. A Pesquisa Clínica do HCI é um centro reconhecido internacionalmente.

 

 A estrutura física

 

1 consultório médico, 1 sala para Coord. Estudos Clínicos, 1 sala para os gerenciadores de dados, 1 sala de arquivo burocrático e estoque de kit´s para laboratórios Centrais, 3 sala de monitoria técnica, 1 sala de recepção.

     

 

 

A Equipe é composta por 1 Médico investigador principal, 5 Médicos sub-investigadores, 2 Coordenadoras de Estudo 3 Gerenciadores de dados, 2 Auxiliares de pesquisa clínica, 1 Higienizadora.

     

 

 

 

Sistema Único de Saúde (exclusivamente)

O paciente consulta na unidade de atenção básica, havendo a necessidade de investigação diagnóstica por forte suspeita de neoplasia, ou já com o diagnóstico definitivo, este paciente é referenciado ao Serviço de Oncologia através do encaminhamento denominado laudo de referência e contra - referência (formulário de encaminhamento que indica necessidade de encaminhamento para consulta especializada), preenchido pelo médico assistente do paciente em seu Município de origem. Também existe a forma de encaminhamento interno, ou seja, com indicação de outro profissional médico do CACON solicitando tratamento de quimioterapia através da Pesquisa Clínica. Para pacientes do SUS, o CACON é referência em tratamento Oncológico para 120 Municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul, pertencentes a 4ª, 12ª, 15ª, 17ª e 19ª  4 Coordenadorias Regionais de Saúde.

 

O horário de funcionamento do setor é das 07h30min ás 12h00min das 13h30min ás 18h00min de segunda à quinta-feira. Nas sextas-feiras as atividades encerram às 17h00min.

   

O Serviço

 

Data de implantação do serviço em 10 de dezembro de 2002. A equipe multidisciplinar do CACON é formada por profissionais especializados de diferentes áreas de atuação, que trabalham visando um objetivo comum em prol do benefício ao paciente. Cada profissional atua em sua área específica com autonomia e de forma integrada para a melhor assistência ao paciente que se encontra em tratamento oncológico.

 

A Estrutura Física

 

O CACON possui 05 consultórios exclusivos para atendimento multidisciplinar e dispõe de uma clínica de fisioterapia equipada conforme normas de regulamentação apropriadas para o atendimento do paciente oncológico. 

   

 

 

A equipe Multidissiplinar é composta por 1 Nutricionista(9h), 2 Assistente Social (6h), 2 Fisioterapeutas(8h), 1 Psicóloga(8h), 2 Enfermeiras (9h), 4 Enfermeira (6h) e 3 Farmacêuticas(9h).

 

 

 

A equipe multidisciplinar atende conforme demanda do dia e com agendamento prévio.

A forma de encaminhamento é determinada conforme necessidade apresentada pelo paciente na primeira consulta ou no decorrer do tratamento, com indicação dos médicos do ambulatório ou da internação Oncológica e através da própria equipe que está capacitada para realizar esta triagem. As formas de atendimento é SUS ou particular que está incluso no pacote que o paciente negociou no setor de negócios do HCI. Os consultórios das profissionais que atuam no CACON estão dispostos na recepção.

 

Sistema Único de Saúde

 

As formas de atendimento SUS através de encaminhamento interno ambulatorial e de pacientes internados mediante solicitação médica ou equipe multidisciplinar.

 

Particular

 

Modalidade particular, o atendimento da equipe multidisciplinar ambulatorial ou internado está incluso no pacote que o paciente negociou no setor de negócios do HCI.

  • Horários de atendimento das Assistentes Sociais, de segunda à sexta-feira das 07h00min ás 13h00min das 13h00min às 19h00min.
  • Horário de atendimento da psicóloga a das fisioterapeutas, de segunda á sexta-feira das 08h00min às 12h00min das 13h30min às 17h30min de segunda a sexta-feira.
  • Horário de atendimento da Nutricionista de segunda é quinta-feira das 07h30min ás 12h00min das 13h00min ás 17h30min na sexta-feira término das atividades ás 16h30min.
  • Demais profissionais da equipe Multidisciplinar conforme jornada de trabalho citada acima.

  

 

O Serviço

 

Data de implantação do serviço em 10 de dezembro de 2002. O ambulatório de consultasAmbulatório Cacon Oncológicas tem como finalidade atender a demandas de primeira consulta para ingresso de pacientes novos com diagnóstico definitivo, ambulatório de Especialidade Médicas (2005, portaria 741) para diagnóstico investigativo e consultas follow-up (de acompanhamento) dos pacientes que se encontram em tratamento Oncológico.

 

 

A estrutura física

 

Contamos com 5 consultórios médicos  para atendimento das consultas Oncológicas, com dias e horários específicos por especialidades médicas.

   

 

 

Contamos com as seguintes especialidades médicas: 1 Médico Radioterapeuta, 1 Neurologista, 2 Hematologistas, 4 Oncologistas Clínicos,1 proctologista, 2 Cirurgiões Gerais, 2 Ginecologistas, 1 Clínico geral, 1 Urologista, 2 Mastologistas 4 Traumatologistas, 1 Oftalmologista, 1 Pneumologista, 1 Médico Especialista da Dor, 1 Cirurgião Cabeça e Pescoço e 1 Cirurgião Plástico  para cirurgia de reparadora, bem como com 5 Auxiliares de Escritório Recepcionistas, 1 Encarregado Administrativo, 1 Coordenadora  Administrativa, 1 Mensageiro, 1 Registrador oncológico, 2 Faturistas e 2 Higienizadoras.

  

 

 

Sistema Único de Saúde (exclusivamente)

 

O paciente consulta na unidade de atenção básica,  havendo a necessidade de investigação diagnóstica por forte suspeita de neoplasia , ou já com o diagnóstico definitivo, este paciente é referenciado ao Serviço de Oncologia através do encaminhamento denominado laudo de referência e contra - referência (formulário de encaminhamento que indica necessidade de encaminhamento para consulta especializada), preenchido pelo médico assistente do paciente em seu Município de origem. Também existe a forma de encaminhamento interno, ou seja, com  indicação de outro profissional médico do CACON solicitando tratamento de Quimioterapia, Radioterápia e Braquiterapia. Para paciente do SUS, o CACON é referência em tratamento Oncológico para 120 Municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul.

 

Horários de atendimento de segunda à quinta-feira das 07:00h ás 18:00h e na sexta com encerramento das atividades ás 17:00h.

 

Os telefones para contato na recepção central do CACON são (55)3331-9328 e (55)3331-9320. Ou ainda (55) 3331-9300 através dos ramais internos da recepção 9828, 9320 e 9329.

 

 

O Serviço

 

A farmácia da Quimioterapia destina-se a receber, armazenar, Farmácia Quimioterapiadispensar e preparar os farmácos quimioterápicos.

A farmácia da Pesquisa Clínica destina-se a armazenar os produtos investigacionais, controlar seu fluxo, calcular as doses dos medicamentos, manipular, dispensar aos pacientes e orientá-los sobre a medicação.

 

A Estrutura Física

 

1 Sala de diluição de quimioterápicos, 1 sala de higienização e 1 sala de vestiário, 1 sala de armazenagem e dispensação de quimioterápicos

   

  

  

A equipa da Farmácia da Quimioterapia conta com 3 Farmacêuticas, 5 Auxiliares de Farmácia, sendo 1 Farmacêutica exclusiva para a pesquisa clínica.

 

 

  

Farmácia da Quimioterapia: Nesta farmácia é realizado o recebimento de medicamentos e materiais de enfermagem de uso da Quimioterapia, Radioterapia, Sala de Curativos, Cuidados Paliativos e Ambulatório de  ostomias (Ostomia é a abertura de um órgão por meio de ato cirúrgico, formando uma boca que passa a ter contato com o meio externo para eliminações de dejetos, secreções, fezes e / ou urina. Pacientes portadores de traqueostomia e os que usam catéters ou sondas, também são considerados ostomizados). Os pacientes que fazem uso de medicação via oral recebem sua medicação e orientações junto a farmácia da quimioterapia, e os pacientes que fazem infusão de medicamentos quimioterápicos  esses são preparados na central de diluição (capela de fluxo laminar) de quimioterápicos junto à farmácia de quimioterapia e encaminhados para enfermagem administrar.

 

O horário de atendimento do setor é das 07:30h ás 12:00h das 13:30h ás 18:00 de segunda á quinta-feira e na sexta-feira as atividades encerram ás 17:00h.

 

Farmácia da Pesquisa Clínica: Nesta farmácia é realizado o recebimento de medicamentos e materiais de uso exclusivo dos protocolos de pesquisa, assim como a entrega de caixas de medicamentos para devolução ao patrocinador. Os pacientes que fazem uso de medicação via oral recebem sua medicação e orientações junto a farmácia, e os pacientes que fazem infusão de medicamentos são orientados no momento da aplicação da medicação. Preferencialmente, destina-se o turno da manhã para os recebimentos de medicação e cálculo das doses, e o turno da tarde para manipulação e dispensação de medicamentos. Todos os processos devem ser descritos pelas farmacêuticas nas pastas dos estudos e nos prontuários dos pacientes.

 

O horário de atendimento do setor é das 8:00h - 12:00h e das 13:30h - 18:00h, e na sexta-feira    encerramento das atividades ás 17:00h.

HCI - Hospital de Caridade de Ijuí
Av. David José Martins, 152, Centro - Fone: (55) 3331-9300 - Ijuí - RS - CEP 98700-000
Hospital de Caridade de Ijuí | Copyright 2011-2019 . Todos os direitos reservados.
Clic Publicidade
Twitter HCI
Facebook HCI
YouTube