Página HCI
O HCI
Corpo Clínico
Serviços
Convênios
Contato
Localização
Portais
Serviços
Banco de Sangue:
  • Conheça o Banco de Sangue
  • Orientações para Doadores
  • Curiosidades

 Banco de Sangue

Setor responsável pela coleta, tipagem, fracionamento, armazenamento e transfusão sanguínea, ainda tendo como responsabilidade a distribuição de hemocomponentes para hospitais da região.

 

 

 

 

 

 

 

  • Fornecer hemocomponentes e serviços hemoterápicos para a instituição e os hospitais conveniados;
  • Prestar um serviço de qualidade ao doador e ao paciente;
  • Realizar a busca ativa de doadores que compreendem a doação de sangue como uma atitude de solidariedade, cidadania e de responsabilidade social. 

 

 

  • Ser um banco de sangue reconhecido por seus doadores como um local agradável e seguro para fazer doações. Também ser reconhecido pelos médicos e pacientes da instituição por sua excelência na realização de procedimentos hemoterápicos;
  • Melhorar a qualidade dos hemocomponentes;
  • Aumentar a segurança transfusional;
  • Promover a disseminação do conhecimento em hemoterapia e aumentar a satisfação dos nossos clientes.

 

 

Excelência no atendimento, valorização e qualificação dos recursos humanos, comprometimento, integridade, crescimento e aprimoramento contínuos, qualidade, transparência e respeito.  

 

 

Entrada principal do Hospital de Caridade de Ijuí
Av. David José Martins, 152, Centro
Ijuí, RS.

 

Telefone: (55) 3331.9373.

 

Horário de atendimento:
Para doações: de segunda a sexta-feira, das 07:30h às 13:00h. Com opção de agendamento do seu horário.
Para sangria terapêutica: de segunda a sexta-feira, das 13:30h às 17:00h. Com opção de agendamento do seu horário.
Para transfusão ambulatorial: das 07:30h às 15:00h.

 

 

Apresentar um documento oficial com foto (Cart. Identidade, Cart. Motorista, Cart. Trabalho).
Ser e estar saudável.
Peso superior a 50 Kg.
Ter idade entre 16 e 69 anos e 11 meses. A 1ª doação deve ter sido feita antes dos 61 anos. Doadores entre 16 e 17 anos: apresentar termo de autorização dos pais ou responsáveis legais. 

              Clique aqui para baixar o termo de consentimento. 

 
Não estar em jejum e evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação.
Repouso mínimo de 6 horas na noite que antecede a doação.

 

Intervalo para doação:
Homens: 60 dias (até quatro doações no ano)
Mulheres: 90 dias (até três doações no ano)

 

Os pacientes que necessitam de transfusão podem contar somente com a solidariedade de pessoas, que têm o privilégio de ser saudáveis e que se dispõem a DOAR O SEU SANGUE, através de um ato de amor ao próximo. Em muitos casos, a transfusão de sangue é a única esperança de vida.

 

 

 

Inaptidão temporária:
Estar gripado, com febre, doenças infecciosas ou estar em tratamento médico.
Ter ingerido bebidas alcoólicas há menos de 12 horas.
Estar grávida ou amamentando (até 6 meses após o parto).
Ter realizado pequenas cirurgias há menos de 3 meses e grandes cirurgias há menos de 06 meses.
Ter feito tatuagem, acupuntura, maquiagem definitiva ou piercing, nos últimos 12 meses.
Ter recebido transfusão de sangue nos últimos 12 meses.
Fez VACINAS: para Febre Amarela (aguardar 30 dias), Gripe após 48 horas e para Hepatite B e Tétano após 48 horas.
Ter vários parceiros sexuais.
Fez uso de anti-inflamatório nos últimos 3 dias (Ibuprofeno, Diclofenaco, Nimesulida,entre outros).

 

Inaptidão permanente:
Doença cardiovascular grave.
Teve Hepatite Viral (Amarelão) após os 11 anos de idade, exceto Hepatite A.
Teve Tuberculose, Chagas, Malária ou Câncer.
Ser portador do vírus ou ter algum teste positivo para AIDS.
Ser usuário de drogas ilícitas injetáveis.
Doença Renal Crônica.
Diabetes.
Doença Pulmonar Grave.
Antecedentes de AVC.
Alcoolismo crônico.
Reação adversa grave na doação anterior.

 

* O uso de medicamentos, outras doenças, procedimentos cirúrgicos, vacinas serão avaliados individualmente. Pode haver outros critérios de exclusão detectada durante a entrevista, conforme a norma técnica do Ministério da Saúde.

 

 

Ingerir bastante líquido no dia da doação.
Preferencialmente fique por no mínimo 15 mínutos no setor de Hemoterapia após o término da doação.
Manter o curativo no local da punção por pelo menos quatro horas.
Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas.
Não trabalhar em andaimes, pilotar ou dirigir veículos de grande porte até por 12 horas.
Não fumar por cerca de duas horas.
Evitar bebidas alcoólicas por 12 horas.
Na ocorrência de febre, diarréia ou sintoma de doença infecciosa até 7 dias após a doação, comunicar o Banco de Sangue.
Caso apresente alguma reação adversa, procure o nosso serviço.

 

# O sangue será examinado para doenças infecto-contagiosas e dez dias após a doação o doador poderá retirar o resultado dos exames de triagem laboratorial, bem como sua carteirinha de doador, mediante apresentação de documento, ou por outra pessoa com autorização escrita.

 
* Em caso de resultado reagente não serão passadas informações por telefone, somente será entregue ao próprio doador com apresentação de documento com foto.

 

 

 

 

 

Quanto tempo leva uma doação?

  
Todo o processo leva cerca de 30 minutos, incluindo a entrevista, os exames iniciais (verificação dos sinais vitais e teste para anemia) e a doação propriamente dita. A coleta de sangue, costuma levar de 5 a 10 minutos para ser realizada, variando de acordo com o doador.

 

O que é feito com a bolsa de sangue doada?

 

A bolsa de Sangue Total é fracionada em outras bolsas de hemocomponentes, de forma que, pelo menos quatro pacientes podem ser beneficiados com uma doação. Os hemocomponentes são:

 
- Concentrado de Glóbulos Vermelhos (hemácias) com validade de 35 dias;
- Concentrado de Plaquetas com validade de cinco dias;
- Plasma Fresco Congelado com validade de um ano;
- Crioprecipitado com validade de um ano.

 

Quanto tempo leva para haver a reposição do sangue doado?

 

Em uma doação são retirados 450 ml de sangue. Este volume será reposto rapidamente com a ingestão de líquidos após a doação, voltando em aproximadamente 2 horas, ao seu volume sanguíneo anterior.

 
Quanto aos glóbulos vermelhos, dependendo de cada organismo, são necessárias cerca de duas a três semanas para a produção e recuperação do nível anterior à doação.

 
Antes de cada doação é realizado um exame rápido de dosagem de hemoglobina ou hematócrito, avaliando a possibilidade de ser feita a doação sem prejuízo ao doador.
 

 

Doar sangue faz mal à saúde?

 
Não. Doar sangue não faz mal e não há nenhum risco em se contrair doenças infecciosas, visto que todo o material é estéril, de uso único e descartável.

 
Eventualmente, o doador pode sentir alguns sintomas adversos leves, como:

- Queda de pressão, tonturas, hematomas;
- Náuseas e vômitos;
- Dor local, dificuldade de movimentar o braço;
- Inflamação local;
- Sudorese fria e palidez.

 

Manifestações mais sérias, como perda de consciência e convulsão, são raras. A observação contínua durante a doação tem a finalidade não só de detectar precocemente manifestações indesejáveis, mas também intervir para restabelecer a condição física do doador.

 

* Doar sangue não engorda, nem emagre; não afina, nem engrossa o sangue; não vicia, nem torna obrigatória a doação regular.

HCI - Hospital de Caridade de Ijuí
Av. David José Martins, 152, Centro - Fone: (55) 3331-9300 - Ijuí - RS - CEP 98700-000
Hospital de Caridade de Ijuí | Copyright 2011-2019 . Todos os direitos reservados.
Clic Publicidade
Twitter HCI
Facebook HCI
YouTube